Está aqui

Incêndio de Pedrógão Grande alastra a distritos vizinhos

O incêndio alastrou para o distrito de Castelo Branco através do concelho da Sertã e, ao de Coimbra, através de Pampilhosa da Serra. Neste momento a Proteção Civil indica 64 vítimas mortais e 135 feridos, dos quais 121 civis, 13 bombeiros e um militar da GNR. Está aberta uma linha de emergência para alojamento (144). (Informação atualizada pelas 22h15)
Fogo florestal em Pampilhosa da Serra. Por Paulo Novais, Lusa.
Fogo florestal em Pampilhosa da Serra. Por Paulo Novais, Lusa.

O incêndio de Pedrógão Grande alastrou hoje para os distritos de Castelo Branco e Coimbra, relata a agência Lusa. No distrito de Leiria, além de Pedrógão Grande, foram também afetados os concelhos de Figueiró dos Vinhos e Castanheiro de Pera. 

Perto das 20h, o tenente-coronel da GNR Carlos Ramos fez um balanço actualizado do número de vítimas mortais. Morreram pelo menos 64 pessoas no incêndio de Pedrógão. O número de feridos esta segunda-feira subiu para 135, dos quais 121 civis e 13 bombeiros e um militar da GNR. No local encontram-se 32 elementos do INEM, apoiados por dez viaturas.

Na manhã de segunda-feira, o comandante das operações de socorro, Elísio Oliveira, disse aos jornalistas que dez pessoas, três das quais acamadas, foram retiradas de casa pelos bombeiros na aldeia de Aguda, Figueiró dos Vinhos, devido ao incêndio que lavra naquela zona.

O incêndio alastrou para o distrito de Castelo Branco através do concelho da Sertã e, ao de Coimbra, através de Pampilhosa da Serra. 

as autoridades reabriram todas as estradas do distrito de Leiria que estavam encerradas devido aos incêndios, mas manteve os cortes de vias nos distritos de Coimbra e Castelo Branco.

2.137 operacionais combatem vários incêndios

Em todo o país existem neste momento cinco grandes fogos a lavrar nos distritos de Castelo Branco, Coimbra, Leiria, que estão a ser combatidos por 2.137 operacionais, 667 veículos e 21 meios aéreos, relata a agência Lusa.

Segundo a Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), o maior incêndio continua a ser o de Pedrógão Grande, que deflagrou na tarde de sábado, encontrando-se a ser combatido por 1.105 operacionais, 343 viaturas e 14 meios aéreos.

Em Alvaiázere, o incêndio que deflagrou pelas 20h40 de sábado continua em curso e alastra ainda sem controlo, e está a mobilizar 114 bombeiros e 35 veículos.

No distrito de Coimbra, dois grandes fogos estão em curso nos concelhos de Penela e Góis. A situação que envolve mais recursos no terreno verifica-se em Góis, com o fogo que deflagrou pelas 15:00 de sábado e que está a ser combatido por 530 bombeiros, 153 veículos e quatro meios aéreos. 

No distrito de Castelo Branco, encontra-se em resolução (incêndio sem perigo de propagação para além do perímetro já atingido) o fogo que lavra desde cerca das 18:10 de sábado no concelho de Oleiros, na freguesia de Orvalho, e que está a combatido por 140 operacionais, auxiliados por 46 viaturas.

Estará também em resolução está o fogo em Vinhais, no distrito de Bragança, que deflagrou pelas 15h de domingo e que envolve 103 bombeiros e 32 veículos no combate às chamas.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Sociedade

Adicionar novo comentário