Está aqui

"A Fábrica de Nada" recebe prémio no Festival de Cinema de Turim

O filme de Pedro Pinho recebeu este sábado o prémio especial do júri presidido pelo realizador chileno Pablo Larrain.
Foto Terratreme Filmes

O Prémio Fundação Sandretto Re Rebaudengo é o segundo mais importante do palmarés do Festival de Cinema de Turim. “A Fábrica de Nada” recebeu também uma menção honrosa na competição paralela “Prémios Colaterais”, julgada por estudantes de escolas superiores de cinema.

Este filme interpretado por atores e não atores, já arrebatou prémios nos festivais de Cannes e Munique, e também no Iraque e na Hungria. “A Fábrica de Nada” segue a vida de um grupo de operários que, através de uma solução de autogestão coletiva, tenta salvaguardar os postos de trabalho e evitar o encerramento de uma fábrica em Vila Franca de Xira.

Ler também: A fábrica de contradições

Pedro Pinho assina a realização de “A Fábrica de Nada”, mas o filme foi construído em conjunto com Luísa Homem, Leonor Noivo e Tiago Hespanha, a partir de uma ideia de Jorge Silva Melo e da peça de teatro "A fábrica de nada", de Judith Herzberg.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Cultura

Adicionar novo comentário