Está aqui

Diário do Alentejo nomeia arquéologo Cláudio Torres “Personalidade 2016”

Para a escolha pesaram os factos de ter sido criada, pela Universidade de Évora, uma cátedra em sua homenagem, e por ter sido nomeado para secção do Património Arquitetónico e Arqueológico do Conselho Nacional de Cultura.
Cláudio Torres discursa na apresentação da candidatura do Bloco às eleições europeias de 2014, na Casa do Alentejo, em Lisboa. Foto de Paulete Matos.

O jornal Diário do Alentejo indicou o arqueólogo Cláudio Torres como personalidade do ano 2016.

Para a escolha desta publicação regional pesaram os factos de ter sido criada, pela Universidade de Évora, uma cátedra em sua homenagem, em maio passado, e por ter sido nomeado pelo atual ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, para secção do Património Arquitetónico e Arqueológico do Conselho Nacional de Cultura.

Na opinião de Cláudio Torres - também diretor do Campo Arqueológico de Mértola – a cátedra criada pela universidade eborense “pode ser uma alternativa para os jovens arqueólogos que são empurrados para as cidades”, sublinhando que “os arquivos da região estão cheios de documentos que ainda ninguém leu”.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Cultura

Adicionar novo comentário