Está aqui

Bloco quer dar "novo fôlego" a Lamego com Alexandra Rodrigues

A enfermeira, de 38 anos, é a primeira candidata do Bloco na lista à Câmara Municipal, e quer “construir uma alternativa a doze anos de governação desastrosa e oposição inexistente”. Eduardo Marques é o primeiro candidato à Assembleia Municipal.
Bloco quer dar "novo fôlego" a Lamego com Alexandra Rodrigues
“Só com um novo fôlego, a força da diferença, a esperança e o contributo de todas/os as/os Lamecenses poderemos criar alternativas”, afirmam na nota sobre a entrega das listas.

Na segunda-feira, o Bloco de Esquerda apresentou em tribunal a sua primeira candidatura autárquica em Lamego, por entender que “é necessário e urgente romper com uma agenda autárquica que nada tem contribuído para o desenvolvimento do concelho”, nem “para a melhoria da qualidade de vida” dos munícipes, lê-se na nota publicada no Facebook.

A primeira candidata à Câmara, Alexandra Rodrigues, é enfermeira no Serviço de Urgência do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, na unidade de Lamego, integrando também a equipa do INEM na ambulância de Suporte Imediato de Vida. É ainda sócia da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lamego e integra o corpo de bombeiros na reserva desta instituição.

Em Lamego, a candidatura do Bloco quer “construir uma alternativa a doze anos de uma governação desastrosa e uma oposição inexistente, que sujeitaram a cidade a um retrocesso sem precedentes e a uma situação insustentável do ponto de vista financeiro”.

“Candidatamo-nos porque não desistimos de viver aqui e não nos resignamos a que as decisões passem por interesses que nada servem a população”, dizem as candidatas e os candidatos bloquistas deste município.

Eduardo Marques é o primeiro candidato da lista do Bloco à Assembleia Municipal de Lamego. Tem 25 anos, é Designer Multimédia, ativista e militante bloquista desde os 16. Foi presidente da Associação de Estudantes da Escola Secundária/2.3 da Sé e representante dos estudantes no Conselho Geral Transitório da mesma instituição. Já na Universidade de Aveiro, participou ativamente no movimento estudantil e colaborou com diversas associações.

“Só com um novo fôlego, a força da diferença, a esperança e o contributo de todas/os as/os Lamecenses poderemos criar alternativas credíveis que respondam às necessidades de todos nós”, afirmam na nota sobre a entrega das listas.

Termos relacionados Autárquicas 2017, Política

Adicionar novo comentário