Está aqui

Bloco defende apoios ao rendimento para a floresta autóctone

O projeto de resolução apresentado na Assembleia da República pretende apoiar as boas práticas de gestão sustentável das florestas, ajudando a prevenir os fogos florestais.
sobreiros
Foto xpgomes9/Flickr

O Bloco de Esquerda, por iniciativa dos deputados Carlos Matias e Pedro Soares, apresentou no Parlamento um Projeto de Resolução que recomenda ao Governo a atribuição de apoios financeiros aos produtores florestais.

Para estes deputados, “nas largas áreas do país de pequena e média propriedade, se possa reduzir a incidência dos fogos florestais e as respetivas consequências, é preciso que os produtores florestais beneficiem de apoio ao rendimento, através da Política Agrícola Comum (PAC)”. O Bloco defende que “estas ajudas ao rendimento devem ser significativamente maiores onde a propriedade é de pequena e média dimensão.

Defende o Bloco que apoio proposto deve ser atribuído com base no cumprimento de um conjunto de critérios de boas práticas de gestão sustentável das florestas. Deverá ainda ser atribuído em função da área, a partir de um valor mínimo a estabelecer para as mais pequenas explorações.

Segundo Carlos Matias, esta iniciativa “é a primeira de um pacote de medidas que o Bloco irá apresentar para uma verdadeira reforma da política florestal” já que as propostas do Governo, em debate, não visam resolver os problemas dos pequenos proprietários do Norte e Centro nomeadamente incentivando a sua organização com vista à gestão sustentável da floresta e à prevenção de fogos florestais, antes agravam a situação do enorme universo de pequenos proprietários.”
 

Termos relacionados Ambiente

Adicionar novo comentário