Está aqui

25% das candidaturas às câmaras do litoral comprometeram-se a combater exploração de petróleo

81 cabeças de lista de candidaturas às câmaras do litoral comprometeram-se a fazer tudo para que os seus municípios sejam Zonas Livres de Petróleo e Gás. Há ausência de compromisso das candidaturas em 14 concelhos, assim como de qualquer cabeça de lista da CDU.
Foto da apresentação do mapa em 23 setembro de 2017
Foto da apresentação do mapa em 23 setembro de 2017

A campanha Autarquias Livres de Petróleo e Gás apresentou neste sábado, 23 de setembro, os resultados que obteve até ao momento.

Em comunicado, a campanha refere que “81 cabeças de lista de candidaturas às câmaras municipais desde Matosinhos até Vila Real de Santo António comprometeram-se a fazer tudo para que os seus municípios sejam Zonas Livres de Petróleo e Gás, travando as concessões de prospeção e exploração de petróleo e gás em Portugal”.

“São 81 compromissos assinados em 44 municípios, representando 10 partidos políticos”, assinalam as 18 organizações, locais e nacionais, envolvidas na campanha.

A campanha aponta duas questões como particularmente negativas:

- “a ausência de qualquer compromisso assinado nos municípios de Alvaiázere, Ansião, Batalha, Cantanhede, Espinho, Lourinhã, Mira, Monchique, Murtosa, Ourém, Peniche, Porto de Mós, São Brás de Alportel e Soure”;

- “a ausência de qualquer compromisso por parte de cabeças de lista da CDU”.

No comunicado refere-se que conseguiu contactar mais de 80% das candidaturas dos 58 municípios afetados pelas concessões de exploração de petróleo e gás, tendo enfrentado dificuldades de obtenção de contactos por parte dos organismos oficiais.

A campanha continuará a receber respostas das candidaturas até à véspera do processo eleitoral, atualizará com brevidade o mapa dos resultados e considera que os resultados obtidos “como úteis aos eleitores preocupados com a exploração de petróleo e gás em Portugal”.

As organizações envolvidas são: Alentejo Litoral pelo Ambiente, ASMAA, A Nossa Terra, Climáximo, Coletivo Clima, GAIA, GEOTA, Hidrosfera, Marinha Grande Livre de Petróleo, Não ao Fracking Aljezur, Peniche Livre de Petróleo, Plataforma Algarve Livre de Petróleo, Porto sem OGM, SCIAENA, Stop Fracking Vila do Bispo, Tamera, Tavira em Transição e Zero.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Ambiente

Comentários

Adicionar novo comentário