Está aqui

115 pessoas morreram em acidentes de trabalho em 2017

Segundo a Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT), 115 pessoas morreram e 315 ficaram feridas gravemente em acidentes de trabalho, em 2017 em Portugal.
Nos últimos quatro anos, a ACT registou mais de 500 pessoas vítimas mortais em acidentes de trabalho
Nos últimos quatro anos, a ACT registou mais de 500 pessoas vítimas mortais em acidentes de trabalho

A agência Lusa refere também que, de acordo com os dados da ACT, em 2017 houve menos 23 pessoas mortas em acidentes de trabalho do que em 2016 e mais 51 feridos graves. Nos últimos quatro anos, entre 2014 e 2017, a ACT registou mais de 500 pessoas vítimas mortais em acidentes de trabalho e 1.304 feridos graves.

105 vítimas mortais dos acidentes de trabalho em 2017 eram do sexo masculino, 106 de nacionalidade portuguesa.

A maioria dos acidentes de trabalho mortais atingiu trabalhadores de microempresas (1-9 trabalhadores), mais de 40 das vítimas tinham contratos sem prazo. Os setores mais atingidos foram a construção, com 36 vítimas mortais, e a indústria transformadora, com 23.

Termos relacionados Sociedade

Adicionar novo comentário