Há 40 anos, Agostinho Neto, vencedor da disputa entre duas alas do MPLA, deu luz verde a uma chacina que terá chegado às 30 mil vítimas. Este dossier ouve sobreviventes, relembra os acontecimentos, apresenta documentos praticamente inéditos, discute a urgência de resolver uma grave questão de direitos humanos. Dossier coordenado por Luis Leiria.

Começamos com um perfil de Sita Valles, jovem militante do PCP que voltou para Angola em 1975 e foi fuzilada aos 25 anos, em 77; publicamos uma entrevista com a historiadora Dalila Mateus. Domingos Lopes, ex-responsável pelas relações com Angola do PCP, escreve que "o respeito pelos mortos é o mínimo que se pode pedir ao Estado angolano". Entre as vítimas estão os 3 músicos mais populares. E dois documentos do arquivo de Cuba trazem nova luz às intepretações do evento. Uma cronologia e o perfil dos protagonistas ajuda a compreender os factos. E um sobrevivente está  prestes a lançar um novo livro sobre o tema.

Ler Mais
 

Governo pode fazer "muito melhor a cada dia"

2 horas 36 minutos atrás

O que já se conseguiu foi importante, mas é "ainda muito pouco” face “à desigualdade tremenda que existe ainda" em Portugal, afirmou Catarina Martins, sublinhando que “para fazer muito melhor a cada dia a força do Bloco é determinante".

| ESQUERDA.NET

parlamentos

O Governo lançou um programa de vinculação de professores que, dos 35 mil professores colocados e 6 mil elegíveis, apenas 3 mil foram colocados. Faltam todos os outros.

Política

"Recuperar o controlo público dos CTT por incumprimento contratual"

5 horas atrás

Catarina Martins afirmou que a situação a que se assiste hoje nos CTT “resulta de duas opções profundamente erradas que foram tomadas: as alterações no Código de Trabalho e a privatização de uma empresa como os CTT, o que nunca deveria ter acontecido".

Internacional

Prisioneiros palestinianos suspendem greve de fome

3 horas atrás

Acordo alcançado com autoridades israelitas leva a suspensão da greve que já durava há 40 dias. Líderes palestinianos saúdam "vitória" do protesto, que representa um "passo importante para o pleno respeito dos direitos dos prisioneiros palestinianos".

Internacional

Não à ampliação da vida das centrais nucleares

6 horas atrás

Não é momento de falar de como e por quanto tempo prolongar a vida das nucleares que estão em funcionamento, mas sim do seu calendário de encerramento. Artigo de Iván Calvo, Marta Victoria, Juan López de Uralde e Josep Vendrell.

Política

"É preciso impedir que grandes proprietários expulsem população de bairros inteiros"

26 de Maio

A par de reagir à proposta do PS sobre alojamento local, Catarina Martins falou sobre a greve da Função Pública, frisando que a paralisação é “um alerta para um país que, estando melhor, tem de pôr o crescimento económico e a consolidação das contas públicas ao serviço das pessoas”. 

Opiniões

O feitiço virou-se contra o aprendiz de golpista

Grande novidade, Michel Temer é um bandido. Enquanto Dilma continua a ser a única sem acusações, ele e outros golpistas foram acusados de corrupção, organização criminosa e obstrução à justiça por tentarem impedir a Operação Lava Jato.

Agentes do défice

Há em Portugal uma enorme quantidade de gente estabelecida à sombra do défice e da sua narrativa que não parece ser capaz de mudar o "chip". São os agentes do défice.

Resgatar a Memória do 27 de maio de 1977 em Angola

Acima de tudo, torna-se imperioso saber a verdade, saber os porquês de todo este esquecimento conveniente, de todas as manipulações da história sobre o 27 de maio.

Entrevista

Mulheres de Abril: Testemunho de Eulália Vaz

25 de Maio

Era o fim da PIDE, da censura, da guerra colonial! Começava a esperança! O meu filho, na minha barriga de oito meses, já nasceria livre da pata do fascismo! Por Eulália Vaz.

Alta Voz

Cortázar, o mestre do Fantástico - Podcast

23 Maio

Pedro Carreira lê "Cortázar, o mestre do Fantástico", um artigo de Luís Leiria.

Internacional

Perry Anderson: Agitação anti-sistema na Europa e nos EUA

20 de Maio

A bandeira europeia perdeu o brilho, de tal forma as políticas da União se revelaram desastrosas. Por toda a parte surgiram movimentos anti-sistema. Em alguns países eles situam-se claramente à esquerda. Mas muitos deles fazem da xenofobia a sua aposta. Artigo de Perry Anderson.

Foto Shealah Craighead/Casa Branca/Flickr
Internacional

100 dias de Trump e o imperialismo espectáculo

21 de Maio

Ao final de mais de três meses de mandato, o multimilionário eleito presidente dos Estados Unidos apresenta uma política errática e inadaptada à histórica política imperialista seguida pelo país desde o século XIX. Artigo de João Camargo.

esquerda.radio

Né Ladeiras n' Os Cantos da Casa

20 Maio

Né Ladeiras ― Outras vidas, 2017.
Carlos Martins ― Carlos Martins, 2016.
José Barata Moura ― A rumba da bomba, 1980.
Ogaitu ― Ogaitu instrumental, 2017.
Joana Barra Vaz ― Mergulho em Loba, 2016.
Edição nº 255, de 20 de maio de 2017

 

Ouve aqui o podcast da reportagem sobre o funcionamento do IN-Mouraria, um centro para pessoas que usam ou usaram drogas.

O Quatro e Vinte falou com o deputado Moisés Ferreira na Marcha Global da Marijuana de Lisboa. Esta edição inclui notícias sobre a atualidade canábica no Chile, Brasil, Reino Unido e EUA.

Subscrever Newsletter

Dossier

Dossier organizado por Pedro Ferreira.

Agenda

27 Maio

Organização: Jovens do Bloco. Inscrições aqui. Ver evento de facebook.
Pombal.

Ver convite e programa. Inscrições gratuitas e limitadas aqui.
Sintra, Salão Nobre do Palácio de Seteais.

Organização: CULTRA - Cooperativa Culturas do Trabalho e Socialismo. Ver cartaz.
Lisboa, Salão Nobre da Biblioteca de S. Lázaro (Rua do Saco, 1, junto à Junta de Freguesia de Arroios), 9h50 às 17h30.

Porto, em frente ao edifício da Câmara do Porto, 10h.

Por Cláudia Sousa, Mais informações.
Coimbra, Bar do Teatro da Cerca de São Bernardo, 11h.

Com Catarina Martins e Marisa Matias. Ver evento de facebook.
Vila Nova de Gaia, Escola António Sérgio - ESAS DE GAIA - Av. Nuno Álvares, 12h.

Por Cláudia Sousa. Mais informações.
Coimbra, Sub-palco e Jardim da Cerca de São Bernardo, 15h.

Organização: Campo Aberto. Inscreva-se: atividadesca@gmail.com (indique nome, email e telefone de cada pessoa a inscrever). Mais informações.
Porto, sede da Campo Aberto, Rua de Sta Catarina, 730-2.º andar (cerca de 300 metros acima do Via Catarina,  do mesmo lado), 15h.

Promovida pelo Centro de Estudos Culturais e de Ação Social RAIO DE LUZ. Entrada livre mediante inscrição obrigatória. Mais informações e programa.
Lisboa, Museu do Aljube Resistência e Liberdade, 15h30.

Com André Beja, Carlos Carujo e João Silva. Ver cartaz.
Queluz, sala multiusos Fernando Ribeiro Leitão – Rua dos Combatentes da Grande Guerra 40 rc esq, 16h.

Com Alice Samara, Ana Maria Braga da Cruz, Ana Pessoa, Manuela Tavares, Maria José Magalhães, Natividade Monteiro, Teresa Joaquim e Virgínia Baptista. Moderação: Anne Cova. Sessão de encerramento com a presença da presidente da CIG Teresa Fragoso. Ver cartaz e evento de facebook.
Lisboa, Centro de Cultura e Intervenção Feminista (CCIF/UMAR) - Rua da Cozinha Económica, Bloco D, 30-M e N, Alcântara, 10h-17h30.